Campeões de Espanha e China encabeçam lista de inscritos com recorde de 13 Portugueses

Campeões de Espanha e China encabeçam lista de inscritos com recorde de 13 Portugueses

O finlandês Kim Koivu e o sueco Oscar Lengden venceram este ano os torneios do Challenge Tour de Kunming e de Urturi e integram o top-5 da corrida para Ras al Khaimah. Três atores conhecidos vão aprender a jogar golfe amanhã, das 11 às 12 horas, num dia dedicado ao pro-am

O finlandês Kim Koivu, que tem um português na sua equipa técnica, e o sueco Oscar Lengden, que também tem residência em Espanha, são dois dos principais candidatos ao título do 56.º Open de Portugal @ Morgado Golf Resort, o torneio do Challenge Tour de 200 mil euros em prémios monetários que arranca amanhã (quarta-feira) com o Pro-Am e na quinta-feira com o torneio exclusivo a profissionais e amadores de alto rendimento.

Os dois nórdicos integram o top-5 da Corrida para Al Khaimah, o ranking desta segunda divisão do golfe profissional europeu, depois de terem conquistado dois dos quatro torneios do Challenge Tour que antecederam a etapa portuguesa.

Kim Koivu impôs-se em abril no Belt & Road Colorful Yunnan Open, em Kunming, na China, enquanto Oscar Lendgen triunfou no Domingo passado no Challenge de España, em Urturi.

No Challenge Tour, quem conquista três títulos numa mesma temporada, ascende automática e imediatamente ao European Tour, a primeira divisão europeia. E como em apenas dois meses e meio já ganharam uma vez, a motivação para continuar a somar títulos aumenta.

O finlandês, 3.º no ranking do Challenge Tour, vai liderar amanhã a equipa número 1 do Grupo Nau que integra os amadores Mário Azevedo Ferreira (CEO do grupo), Ricardo Pereira (ex-futebolista e atual comentador na SportTV) e Pedro Silvestre.

O sueco, 5.º na Corrida para Ras Al Khaimah, será a cabeça de cartaz da equipa da Federação Portuguesa de Golfe que comporta ainda os amadores Carlos Conceição, Fernando Pimentel e José Lopes Dias.

O Pro-Am inicia-se às 7h30 e conclui-se com a cerimónia de entrega de prémios por volta das 19h45. Será composto por 32 formações de quatro jogadores cada, sendo que cada equipa é chefiada por um profissional e três amadores.

Ricardo Pereira e Mário Azevedo Ferreira vão jogar juntos no Open de Portugal @ Morgado Golf Resort, fotografia de Ramiro de Jesus

Para além de Ricardo Pereira, da seleção nacional de futebol que se sagrou vice-campeã da Europa em 2004, destaca-se a presença de Fernando Teixeira dos Santos (ex-ministro das Finanças e presidente do Eurobic), Miguel Franco de Sousa (presidente da FPG) e Manuel Agrellos (presidente da Mesa da AG da FPG), entre muitas personalidades ligadas ao golfe.

Os jogadores profissionais portugueses convidados para o Pro-Am foram Filipe Lima, Ricardo Santos, Pedro Figueiredo, Tiago Cruz, Tomás Silva, Tomás Melo Gouveia e Tiago Rodrigues.

Por falar em portugueses, o total de presenças nacionais no Open de Portugal @ Morgado golf Resort elevou-se para 13 com Miguel Gaspar a juntar-se aos nomes ontem anunciados, que incluem os profissionais Tomás Bessa e João Ramos, e os amadores Vítor Lopes e Pedro Lencart. Jogadores que não jogarão o Pro-Am de amanhã e só entram em prova na quinta-feira, também a partir das 7h30. Trata-se de um recorde de participação portuguesa no Challenge Tour.

Entre os profissionais que estarão no Pro-Am merecem também destaque o inglês Simon Dyson, o francês Gary Stal, e o dinamarquês Morten Ørum Madsen, que já venceram na sua carreira torneios do European Tour, tal como os portugueses Filipe Lima e Ricardo Santos. Atenção também ao inglês Max Orrin, vencedor da Grande Final do Challenge Tour em 2014.

Paralelamente ao Pro-Am irá decorrer amanhã uma ação de formação junto dos atores Maria João Abreu, Luis Esparteiro e Marcantónio del Carmo, que vão aprender as bases do golfe com o profissional Miguel Gaspar, ex-membro da seleção nacional da FPG no Campeonato do Mundo / Eisenhower Trophy.

HUGO RIBEIRO
GABINETE DE IMPRENSA DO OPEN DE PORTUGAL @ MORGADO GOLF RESORT